Whatsapp

Whatsapp

.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Conexao

te pego as 8

itao

itabuna pref

Três prefeitos do PSDB e 11 do PMDB declaram apoio a candidatura de Rui Costa

Share Button
Rui-e-Almir-1
11 prefeitos do PMDB declararam apoio a Rui | Foto: Divulgação
Prefeitos filiados a legendas de oposição na Bahia declararam apoio a Rui Costa, candidato da Coligação Pra Bahia Mudar Mais. Três são do PSDB e onze do PMDB, entre eles o peemedebista histórico Almir Mello, prefeito de Canavieiras, que afirma ser “muito importante dar continuidade ao projeto atual de governo”.
“Rui demonstra ser o candidato mais preparado e com propostas mais consistentes para promover os avanços necessários”, declara o peemedebista.
Os colegas do prefeito de Canavieiras, filiados ao PMDB que estão na campanha petista são os de Boa Nova, Aete Meira; Dom Basílio, João Dias Pereira; Mansidão, Ney Borges de Oliveira; Olindina, Bianca Menezes; Piraí do Norte, Heráclito Menezes; Santa Rita de Cássia, Joaquim Mendes; São Desidério, Ademilton Barbosa dos Santos; Teolândia, Lázaro Andrade de Oliveira; Terra Nova, Francisco Hélio e Nova Viçosa, Marvio Lavor Mendes. Do PSDB, marcham com Rui o prefeito de Cafarnaum, Euilson Joaquim da Silva; de Capim Grosso, José Sivaldo e Pindaí, Ladeia Pereira Prado.
Redação Notícias de Santaluz

Tio mata sobrinha e guarda os seios da jovem


O agricultor Agrevil do Carmo Santos, de 50 anos, foi preso e confessou ter assassinado a sobrinha Janaína Fátima de Matos, 21 anos, em Curitiba (PR). A polícia informou que o corpo da vítima foi mutilado e o suspeito guardou os seios da jovem. Em depoimento, ele alegou que fez isso por achar a parte do corpo da sobrinha 'bonita'.
 
Janaína morava com o tio há quatro anos porque os pais viviam em Ribeirão do Veado, longe de Curitiba. Ela trabalhava em uma loja, onde conheceu o noivo e este mês decidiram se casar. O tio sempre teve ciúmes da jovem e ficou irritado com a notícia
 
Agrevil falou em depoimento que teve um momento de 'bobeira' porque não queria que Janaína se mudasse. "Eu não queria que ela fosse embora de casa. Eu queria que ela ficasse, por isso me deu essa 'bobeira'", conta ao R7.
 
Janaína lavava roupa quando foi golpeada no pescoço pelo facão. Após atingi-la no pescoço, o suspeito arrancou os seios da jovem
 
Ele tentou simular um latrocínio, roubo seguido de morte, mas imagens de circuito interno registraram o momento. O próprio filho do agricultor conseguiu as imagens e reconheceu o pai
 
Agrevil acabou confessando o homicídio e mostrou onde jogou o corpo da vítima, em um rio da capital. O suspeito não resistiu a prisão e foi levado para um presídio do Paraná. Fonte: R7

Aliados admitem que Aécio não atingirá votação prevista

Foto: Divulgação
Candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves
Sem liderar as pesquisas em seu Estado natal, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, refaz as contas para chegar no segundo turno. Aliados mineiros do senador ouvidos pelo Broadcast Político, servilo em tempo real da Agência Estado, como o presidente do PSDB mineiro, Marcus Pestana, admitem que não será possível atingir a votação prevista anteriormente para o Estado. A intenção sempre foi abrir grande vantagem sobre Dilma Rousseff em Minas – segundo maior colégio eleitoral do País e governado pelo PSDB há 12 anos – para garantir as chances na votação nacional. “Não é possível, mudou o cenário, é outra eleição. A previsão era com o Eduardo (Campos) na disputa, ele teria em Minas o que o Aécio tem em Pernambuco (3%)”, justifica Pestana, que lembra que Marina venceu em Belo Horizonte nas eleições de 2010. Mesmo com a recuperação nas últimas pesquisas, os números ainda são modestos se comparados com os planos feitos pelos tucanos. A última pesquisa Datafolha no Estado mostra Aécio com 26%, enquanto Marina Silva tem 25% e Dilma 33%. O Ibope desta semana mostra um quadro um pouco melhor para o ex-governador de Minas, que aparece com 29%, atrás apenas de Dilma (33%); Marina tem 22%. No primeiro semestre de 2014, era comum ouvir de tucanos mineiros que o Estado – principal vitrine de Aécio e que foi governado pelo PSDB por 16 anos nas últimas duas décadas anos – era o trunfo para a vitória do neto de Tancredo. Projetava-se uma diferença de 3 milhões de votos para Dilma Rousseff, que significa cerca de 20% dos mais de 15 milhões de eleitores. “Além do discurso, Minas é o segundo maior colégio eleitoral no País. Qualquer ponto em Minas faz uma diferença grande. Tem um efeito simbólico muito grande para ele, ficar nesta posição que está em Minas inviabiliza a eleição dele no País”, analisa o cientista político e professor da Fundação Getúlio Vargas Marco Antônio Carvalho Teixeira.
José Roberto Castro, Agência Estado

Vitória deixa o Z4 ao vencer o Bahia por 2 a 1

O Vitória na última quarta-feira respirou no Brasileiro da Série A ao vencer o Fluminense por 3 x 1 dentro do Barradão, e hoje suspirou aliviado na Arena Fonte Nova quando venceu o BA-Vi de forma incontestável de virada pelo placar de 2 x 1 em um resultado, que lhe conduziu para décima quarta posição com 24 pontos, após freqüentar por diversas rodadas na última colocação do Campeonato Brasileiro. Além, disso, o Vitória quebra um jejum de oito jogos sem vencer o Bahia e de lambuja, registra o primeiro triunfo do técnico Ney Franco e o melhor para a torcida rubro-negra, mantém o rival local dentro da zona de rebaixamento. O primeiro tempo do BA-VI começou elétrico e antes dos 10 minutos o placar já marcava 1 x 1 criando a expectativa de um BA-VI movimentado. Curiosamente os times foram eficientes nos dois únicos lances de perigo até aquele momento que foram aproveitadas. Os 5 minutos, Pará na esquerda cruza para área para Kieza livre de marcação abrir o placar para o tricolor, três minutos após, em falha de defesa do Bahia, o zagueiro Kadu empata para o Vitória e o jogo voltou a normalidade até os final do primeiro de uma etapa onde houve certa predominância rubro-negra, que esteve melhor, criou um numero maior de oportunidades e claramente tinha um time bem organizado em campo. No segundo tempo, o Bahia mudou. Gilson Kleina removeu Léo Gago e colocou Maxi Biancucchi tentando aumentar o poder ofensivo do Bahia e não deu certo. já que aos sete minutos Luis Gustavo acerta um chute de fora da área, a bola bate da trave e Marcelo Lomba e o Leão fazia 2 x 1, fazendo jus e pintando o retrato exato do melhor futebol apresentado desde o início da partida do Vitória. Logo depois trocou o apagado Marco Aurélio por Branquinho, mas nada foi capaz de mudar a superioridade rubro-negra que controlou o jogo, brecou todas as investidas do Bahia e teve até chances de dilatar o placar pela melhor partida que realizou. Agora, o Esporte Clube Bahia novamente Arena Fonte Nova, terá o Sport-PE pela frente. O jogo acontece na próxima quarta-feira, às 21h. Já o Esporte Clube Bahia embarca para São Paulo e na quinta-feira, às 19h30 no Estádio do Pacaembu enfrenta o Palmeiras, em jogos da vigésima quarta rodada do Brasileiro. (Futebol Bahiano)

PUBLICIDADE


A 4ª edição da Feijoada Vip promete abalar Ibicaraí

essa
A 4ª edição da Feijoada Vip acontecerá no dia 28 de setembro no Clube dos Quarenta em Ibicaraí e vem atraindo o público devido a sua grade de atrações. A festa que promete ser um sucesso traz grandes bandas como Harmonia do Samba, Trio da Huanna, Duh Nosso Jeito, Samba di Mingué e Xote Apimentado. Além de música boa, o evento também é all inclusive e conta com uma grande estrutura para receber o público.

Dilma: Bolsa Família vai acabar se ‘eles’ forem eleitos

Foto: Divulgação
Presidenta Dilma Rousseff
A presidente Dilma Rousseff disse neste sábado, em comício na zona sul de São Paulo, que o programa Bolsa Família vai acabar se seus adversários forem eleitos. “Faltam poucos dias para a eleição e, neste momento, o clima fica um pouco quente e nós sabemos que começa uma série de mentiras e boatos falsos por aí”, disse a presidente no palanque. “Tem uns que dizem que o Bolsa Família, nosso programa mais importante, o programa que nós consideramos o mais forte para reduzir pobreza e desigualdade, junto com emprego e aumento de salário, vai acabar. Vai acabar se eles forem eleitos”, afirmou a presidente candidata à reeleição. Ao fim do discurso, Dilma retomou o tema ao dizer que os brasileiros obtiveram conquistas nos últimos anos que devem ser defendidas e afirmou que, enquanto presidente, irá continuar a defender o salário e o emprego. “A grande verdade é que estamos convivendo com a primeira geração que não passou fome, com acesso a educação, e não deixaremos isso ser perdido. Conquista que a gente teve é conquista que a gente defende.” Em programas de TV, a campanha petista tem colocado mensagens indicando que adversários podem acabar com o Bolsa Família, em especial Marina Silva (PSB), mas esse discurso geralmente não aparece na boca de Dilma. Marina chegou a responder com uma peça em que apareceu com lágrimas nos olhos contando um episódio de sua infância, no qual passou fome, argumentando que jamais acabaria com o programa. Ao longo do discurso de hoje, a presidente Dilma defendeu que seu governo se orienta por dois princípios: igualdade de oportunidades, através dos programas sociais e de políticas públicas, e “combate sem tréguas” à corrupção. “Não somos daquele governo que gostava de varrer tudo pra debaixo do tapete”, disse Dilma. Ela repetiu as frases que vêm sendo usadas em sua propaganda eleitoral: “Doa a quem doer, atinja a quem atingir, nós puniremos os culpados.”
Ana Fernandes e Pedro Venceslau, Agência Estado

Rosemberg defende Rui e diz que não teme CPI

Foto: Divulgação
Deputado Rosemberg Pinto, líder do PT na Assembleia Legislativa
O deputado Rosemberg Pinto, líder do PT na Assembleia Legislativa, afirmou que já estava demorando a oposição baiana tentar alguma “jogada eleitoral suja” nesta campanha, referindo-se à reportagem publicada pela Revista Veja, envolvendo o Instituto Brasil. “Isto, além de uma denúncia eleitoreira, apenas para ser usada na propaganda eleitoral, é a mais clara demonstração do desespero de quem está vendo que vai perder mais uma eleição no primeiro turno”, disse Rosemberg, acrescentando que conhece Rui Costa há mais de 30 anos e por isto mesmo a bancada aliada não teme a ameaça de criação de uma CPI, como foi dito pelo deputado estadual Elmar Nascimento. “Nós não temos medo de CPI, porque Rui é uma pessoa limpa, honesta e que nunca teve seu nome envolvido em denúncias, ao contrário do ex-governador Paulo Souto, que tem no seu histórico o caso da Ilha do Urubu (extremo sul da Bahia), que nunca foi devidamente explicado”.

Itabuna é goleada em Coaraci, Veja outros resultados

Não fosse o regulamento de três seleções classificadas no grupo, a fraquíssima seleção de Itabuna, não continuaria na competição. Neste domingo (21), os comandados de Nino Black foram goleados por 5 a 1 pela seleção de Coaraci. Agora, o selecionado itabunense enfrenta Jitaúna na segunda etapa do Intermunicipal e o primeiro confronto do mata-mata é no Itabunão, no próximo domingo. Já Coaraci recebe Ibirataia.

FICHA TÉCNICA
COARACI 5 X 1 ITABUNA

Intermunicipal 2014
Local; Estádio Barbosão
Data: 21-09-2014
Horário 15 horas
Arbitragem: Ezequiel Souza Costa (Macaraní), Romildo Argolo (S.A.Jesus) e Nelson Lopes (Ipiaú)
Gols: Diego (18´1º), Henrique, de cabeça (29´1º), Rossi (44´1º), João Paulo (24´2º), Pit Bull (36´2º)COA/Gugu (22´2º)ITA

COARACI - Gilberto; Potó, Dadai, Henrique e Flávio; Dae, Van Basten (Neguinho), Rossi e Inho Baiano (Márcio); Pit Bull e Diego (João Paulo). Técnico; Fanta

ITABUNA - Roberto; Tiago, Tiziu, Tone e Lei; Ligeirinho (Yuri), Léo, Rafael Sopa (Silvaney Jr.) e Lequinho (Ruan Lopes); Gugu e Fabinho. Técnico: Nino Black

OUTROS JOGOS:
Iguaí 1 x 0 Floresta Azul - encerrado
Ibicaraí 10 x 0 Camacan - encerrado
Uruçuca 4 x 0 Ilhéus - encerrado
Ubaitaba 1 x 1 Ipiaú - encerrado
Buerarema 1 x 1 Itajuípe - encerrado
Ibicuí 2 x 1 Planalto - encerrado
Ibirataia 3 x 0 Jitaúna - encerrado

CLASSIFICAÇÃO
Grupo 13
1 Jitaúna 10
2 Ibirataia 9
3 Ubaitaba 7
4 Ipiaú 5

Grupo 14
1 Uruçuca 14
2 Coarací 8
3 Itabuna 7
4 Ilhéus 4

Grupo 15
1 Ibicaraí 11
2 Itajuípe 11
3 Buerarema 5
4 Camacan 5

Grupo 16
Grupo 16
1 Ibicuí 15
2 Floresta Azul 12
3 Iguaí 6
4 Planalto 3

PRÓXIMOS JOGOS - 28/9
Grupo 39 - Itabuna x Jitaúna
Grupo 40 - Ubaitaba x Uruçuca
Grupo 41 - Coaraci x Ibirataia
Grupo 42 - Iguaí x Ibicaraí
Grupo 43 - Buerarema x Ibicuí
Grupo 44 - Itajuipe x Floresta Azul

Veja todos os resultados, classificação e próximos jogos, clicando aqui

HOJE BATEMOS MAIS UM RECORDE: 16 MILHÔES DE ACESSOS



Bancários ameaçam parada nacional

Os bancários da Bahia e de outros estados ameaçam entrar em greve depois de 30 dias de negociação sem sucesso com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). A Fenaban ofereceu reajuste de 7% enquanto os bancários reivindicam 12,5%. Segundo os trabalhadores, a oferta dos bancários representaria aumento real de apenas 0,65%. Os bancos oferecem também reajuste de 7,5% no piso salarial, enquanto a categoria pede R$ 2.979,25, valor do mínimo definido pelo Dieese. A última rodada de negociação foi nesta sexta-feira (19). Ainda houve negociação sobre a Participação dos Lucros e Resultados, que continuará nos mesmos moldes de acordo coletivo feito em 2013 – 90% do salário reajusto em setembro de 2014, mas o valor fixo de R$ 1.812,58, com máximo de R$ 9.727,61. A parcela adicional é de 2,2% do lucro líquido apurado no exercício de 2014, dividido pelo número total de empregados elegíveis de acordo com as regras da convenção, em partes iguais, até o limite individual de R$ 3.625,16. O benefício também não pode ser superior a 15% do lucro líquido. A antecipação segue o mesmo modelo de 2013. Presidente da Federação da Bahia e Sergipe, Emanoel Souza lamentou em nota o desenrolar da negociação. “A proposta é insuficiente. Não temos outra alternativa senão ir a greve. Mas antes, faremos assembleias dentro dos prazos legais, respeitando a lei 7783/89″. (Correio)

Itajuípe: hospital abandonado e caixas não funcionam

A Câmara Municipal de Itajuípe voltou a discutir a situação da Saúde no município. O Hospital Montival Lucas está abandonado e a falta de médicos é uma constante. Os funcionários do hospital estão sem receber salários e a infra estrutura é precária. O dinheiro que foi autorizado pela Câmara, não foi repassado pela prefeitura, administrada por Gilka Badaró. A prefeita, alíás, acredita que a cidade é só o futebol. Toda prioridade é a seleção no Intermunicipal, enquanto servidores da prefeitura sofrem com salários em atraso, os garís já fizeram movimento de greve e os ônibus escolares, quando não param por problemas mecânicos, ficam no meio da rua, sem combustível. Para complicar a situação no município, os caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil não funcionaram neste sábado (20). O desrespeito aos clientes gerou muita reclamação e foi motivo de conversas entre as pessoas que foram até o banco neste final de semana para sacar dinheiro. A agência do BB de Itajuipe concentra o pagamento salarial de centenas de servidores públicos da localidade e também de cidades vizinhas. Os clientes privados, que também dependem da agência, pedem ao banco que reveja sua política de atendimento nos finais de semana. Várias pessoas voltavam da porta do banco ao se deparar com um aviso: “A agencia não funcionará final de semana. Problemas Elétricos. A Gerência.” (WebNewsSul)

HOJE IBICARAÍ X CAMACAN NA CACAU FM 88,5 AS 14:00 HORAS AO VIVO. OUÇA AQUI PELO BLOG


Denúncia de Veja é eleitoreira, afirma presidente do PT

Foto: Divulgação
Everaldo e Rui Costa
“Esta é uma denúncia motivada pelo interesse eleitoreiro e que se aproveita de uma pessoa com fragilidades e com raiva de alguns petistas e do governo por não terem resolvido pendências e irregularidades do contrato do seu instituto”. Por considerar desta forma a denúncia publicada pela Revista Veja, com declarações da presidente do Instituto Brasil, Dalva Sele Paiva, é que o presidente do PT estadual, Everaldo Anunciação, informou que o partido vai entrar com ações criminais contra a publicação da Editora Abril e contra a autora das denúncias, “pois temos absoluta certeza de que eles não poderão provar nada do que foi dito e que tudo isto é apenas mais uma ação eleitoreira da Veja, como ela costuma fazer, especialmente contra o PT”. Everaldo observou que a falsidade da denúncia já começa pelo fato de que o repórter da revista deixou de lado a informação de que os primeiros contatos do Instituto Brasil com o governo da Bahia aconteceram durante a gestão do ex-governador Paulo Souto. “Foi Paulo Souto quem trouxe este instituto para o governo, por meio de convênio firmado em 2005 com a Secretaria de Combate à Pobreza”, afirmou o presidente do PT. E ele acrescentou que, na verdade, foi o governo Wagner que tomou a iniciativa de suspender os pagamentos das prestações do contrato firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e o instituto. De um total de seis, só foram pagas as duas primeiras prestações e o restante foi bloqueado a partir do momento em que foram constatadas irregularidades na execução do objeto do contrato, que era a construção de casas populares, “e foi isto que deixou a denunciante com raiva”. “É como eu tenho dito e reafirmado”, explicou o dirigente petista, “nos governos do PT, os problemas não são ignorados, as irregularidades são apuradas e os culpados punidos”. E reiterou sua confiança em Rui Costa e em todos os integrantes do PT citados pela revista. “O processo tem acompanhamento dos órgãos competentes , e os verdadeiros responsáveis deverão ser duramente punidos. Lamento, mais uma vez, que a Veja se preste de maneira irresponsável, a esse serviço sujo”, declarou Everaldo. E, voltando a atribuir a denúncia ao “jogo sujo eleitoral”, observou: “Este tipo de denúncia apenas deixa claro o desespero que já toma conta dos adversários, ante o crescimento da candidatura de Rui Costa e de Otto Alencar. Mas nós sabemos perfeitamente de onde isto vem dos nossos adversários e o fato de eles terem que recorrer a este expediente apenas reforça nossa confiança na vitória e o nosso ânimo de trabalhar”.

Pelegrino processará Veja por “denúncia infundada”

Foto: Divulgação
Deputado federal Nelson Pelegrino (PT)
O deputado federal Nelson Pelegrino (PT) repudiou com veemência a tentativa de envolvimento do seu nome em reportagem “tendenciosa” da revista Veja sobre o Instituto Brasil. O deputado ressaltou que as declarações da presidente da ONG, Dalva Sele, são mentirosas e que nem ela, nem a Veja, apresentaram provas da denúncia porque não existem. Para Pelegrino, “trata-se de armação pré-eleitoral, prática infelizmente antiga no nosso país. Todo mundo sabe à quem a Veja presta serviço”. Pelegrino já constituiu advogado e vai processar criminalmente Dalva Sele, o repórter e a revista. Com 24 anos de vida pública, Pelegrino é deputado ficha limpa e nunca teve o nome envolvido em ilegalidades.

Governo Souto foi marcado por execução

De jornalistas e radialistas, por isso é curioso ver o ex-governador prometer mais segurança para o estado. A violência tem sido um dos temas mais explorados na campanha do DEM nas eleições baianas. manoel leal
      Violência é algo que os profissionais de comunicação sentiram na pele durante os governos de Paulo Souto e ACM na década de 90. “Foi um período sombrio para os jornalistas e radialistas da Bahia”, lembra o vice-presidente da Associação Baiana de Imprensa, Ernesto Marques.
      Na Bahia, 11 profissionais de imprensa foram assassinados em 10 anos, a maioria deles em crimes de mando, ligados ao exercício da profissão e quando faziam denuncias de corrupção envolvendo políticos ligados ao carlismo.
      Os casos mais notórios de assassinatos de profissionais de imprensa envolveram os radialistas Ivan Rocha, em Teixeira de Freitas, Ronaldo Santana, em Eunápolis, e o jornalista Manuel Leal, diretor do jornal A Região, em Itabuna.
      “O corpo de Ivan Rocha não foi encontrado até hoje e nos casos de Ronaldo Santana e Manuel Leal investigações mal feitas impediram que se chegassem aos mandantes, porque a regra era a impunidade”, lembra Ernesto Marques.
      Responsabilidade
      Entidades como o Comitê de Proteção aos Jornalistas (EUA), Sociedade Interamericana de Imprensa (EUA) e Repórteres Sem Fronteiras (França) cobraram oficialmente a apuração dos crimes, mas o governo carlista ignorou os pedidos.
      “A liberdade de expressão inexistia, quem se atrevia a denunciar sofria ameaças e em alguns casos pagava com a vida. Não podemos retroceder diante dos avanços que conquistamos com Wagner. Hoje a Bahia tem uma imprensa livre e o direito de opinião é respeitado”.
      Wagner escreveu a história acatando uma reparação inédita no Brasil a um jornalista assassinado em crime que envolveu agente público. A reparação seguiu acordo com a Organização dos Estados Americanos, negado por Paulo Souto e assinado por Wagner, sem empecilho.
      O acordo foi fruto de uma luta individual, de 12 anos, do filho do jornalista, Marcel Leal, que conseguiu o apoio de diversas entidades nacionais e mundiais, além da solidariedade de centenas de radialistas e jornalistas em todo o mundo. “A vitória foi de todos eles,” resume Marcel.

Ensino público de Ibicaraí e Santa Cruz da Vitória já está entre os melhores da Bahia



Segundo os critérios do Ideb, o ensino público das escolas municipais e estaduais de Ibicaraí superou a média de vários municípios próximos, como Ilhéus. Nas classes até o quinto ano, a antiga quarta série, Ibicaraí conseguiu a média de 3,9 pontos, superando os municípios vizinhos, com exceção de Itabuna, e empatando com a média do estado da Bahia.
Nas classes do nono (antiga oitava série), Ibicaraí chegou a 3,5 pontos, superando Ilhéus e Itabuna, e, na comparação entre os municípios próximos ficou apenas atrás de Santa Cruz da Vitória.
Quando comparado com a média do Brasil, o Ideb dos municípios baianos apresentam resultado bastante inferior, mostrando que a escola pública baiana ainda enfrenta muita dificuldade.
A média do Ideb analisa indicadores como frequência escolar, repetência e notas nas provas de português e matemática.
Os números abaixo mostram a evolução da nota do Ideb da escola pública dos municípios em torno de Ibicaraí na comparação com a média da Bahia e do Brasil - em verde as notas que superaram as metas

Grupo Gay realiza entrevista coletiva sobre 13ª Parada da Bahia

O Grupo Gay da Bahia (GGB) convida a imprensa para a coletiva da 13ª Parada Gay da Bahia, neste domingo (21), às 12h, no Foyer do Teatro Castro Alves, em Salvador. Na mesma ocasião será realizada a entrega do troféu do GGB: "Honra ao Mérito da Diversidade Cultural LGBT". A Parada Gay irá acontecer no domingo (21), com concentração às 13h, no Campo Grande. Neste ano o evento tem como tema "Sem armários. Com orgulho!".
 
A realização da III Semana da Diversidade e 13ª Parada Gay da Bahia é do GGB e do Grupo Quimbanda Dudu, com patrocínio da Bahiatursa, Prefeitura de Salvador e apoio das secretarias de Estado da Cultura (Secult), Justiça, Saúde, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), e site Dois Terços.
 
Participam da coletiva, artistas, os contemplados do troféu do GGB, o estilista, coordenador especial da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio e padrinho da 13ª Parada Gay da Bahia, Carlos Tufvesson, o presidente da Bahiatursa, Diogo Medrado e o presidente do GGB, Marcelo Cerqueira.
 
Após a coletiva a cantora Ana Mametto irá interpretar o hino nacional, abrindo oficialmente a programação da 13ª Parada Gay da Bahia.

Foto: Bocão News

IBICARAÍ: NESTE DOMINGO TEM O GRANDE FILME Deus Não Está Morto NO SEU CINE ANA














HORÁRIO 20:30



 FAÇA LOGO SUA RESERVA



Sinopse e detalhes





Não recomendado para menores de 10 anos





Quando o jovem Josh Wheaton (Shane Harper) entra na universidade, ele
conhece um arrogante professor de filosofia (Kevin Sorbo) que não
acredita em Deus. O aluno reafirma sua fé, e é desafiado pelo professor a
 comprovar a existência de Deus. Começa uma batalha entre os dois
homens, que estão dispostos a tudo para justificar o seu ponto de vista -
 até se afastar das pessoas mais importantes para eles. 



Presidente do IBGE pode ser demitida

Presidente do IBGE pode ser demitida
Foto: Seplan
Os erros na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), anunciados na tarde desta sexta-feira (19), podem levar à saída da presidente do IBGE, Wasmália Bivar, responsável pelo levantamento. Na avaliação de interlocutores do governo, a presidente do instituto de pesquisa perdeu as condições de permanecer no cargo, embora não tenha sido anunciada nenhuma decisão oficial sobre o seu afastamento. A presidente Dilma Rousseff foi informada sobre os erros na Pnad e também da necessidade de revisão na coleta dos dados pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, antes de viajar ao Rio, onde fez campanha eleitoral. A presidente ficou muito contrariada, segundo auxiliares, e determinou a abertura de uma comissão interministerial para investigar o caso e descobrir os responsáveis pela situação, definida por ela como "inaceitável". A Casa Civil será a encarregada de fazer a investigação. Na quinta-feira, o governo havia comemorado os dados anunciados e Dilma fizera questão de destacá-los, ponto por ponto, no Palácio da Alvorada, amenizando a piora no indicador de desigualdade de renda. Os problemas na Pnad mobilizaram o governo. Além de Miriam Belchior, mais três ministros foram convocados por Dilma a dar mais explicações sobre o caso, em entrevista à imprensa neste sábado (20). Em conversas reservadas, integrantes da campanha de Dilma manifestaram receio de que a correção na Pnad acabe virando um caso como a "errata" do programa de governo da candidata do PSB, Marina Silva, até hoje alvo de críticas do PT por ter corrigido pontos de sua plataforma eleitoral. O Planalto e o comitê da reeleição farão de tudo para evitar que a troca dos números seja usada pelos adversários de Dilma para desgastar a gestão do governo. A ministra do Planejamento Miriam Belchior disse que o governo ficou chocado com o erro. "Estamos tentando entender o que ocorreu e tomaremos medidas. Apuraremos se será necessária medida disciplinar contra responsáveis", garantiu Miriam. "Lamentavelmente, o procedimento de checagem e rechecagem não funcionou. Acho que houve uma falta de cuidado no procedimento básico", admitiu a ministra. (Colaboraram Nivaldo Souza e Victor Martins) As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Com 4 novos casos a cada hora, ONU decreta ebola como ameaça a paz mundial

Com 4 novos casos a cada hora, ONU decreta ebola como ameaça a paz mundial
Foto: Reprodução / AFP
A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou na última quinta-feira (18) que mais 700 novos casos de Ebola na África Ocidental. Segundo a OMS, ao menos 2.622 pessoas já morreram por causa do vírus, e, até agora, 5.335 pessoas foram contaminadas, pouco mais da metade desses casos foram registrados nas últimas três semanas. A organização revelou que, a cada hora, mais quatro casos de contaminação surgem. O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) declarou no último dia 17 que o Ebola “ameaça a paz mundial”. Em nova iniciativa para conter o vírus, a ONU anunciou a criação de uma missão de emergência com objetivo de coordenar esforços internacionais para lutar contra a enfermidade chamada Missão das Nações Unidas em Resposta Contra o Ebola (UNMEER em inglês), e espera que uma equipe avançada siga rapidamente para os países afetados. Além de declarar o Ebola como ameaça a paz mundial, o conselho convocou todos os países com recursos e capacidade de auxílio para ajudar no combate ao surto. Os 15 integrantes do maior órgão de decisão da ONU aprovaram também uma resolução em que pede aos Estados “que levantem todas as restrições de viagem e de fronteira, adotadas para supostamente combater o surto, mas que na realidade só serviam para isolar as áreas atingidas”. Esta é a terceira resolução vinculada a uma emergência de saúde na história da ONU. As duas anteriores foram sobre a Aids, em 2000 e em 2011.

Vereador de Itororó perde cargo por abuso de poder econômico

Vereador de Itororó perde cargo por abuso de poder econômico
Foto: Itororó News
Um vereador de Itororó, sudoeste da Bahia, teve o mandato cassado na última terça-feira (16) pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) por abuso de poder econômico praticado no dia das eleições municipais de 2012. Nivaldo Moreira Silva teria oferecido almoço gratuito aos seus eleitores no dia do pleito com a distribuição de tíquetes, segunda acusação. Apesar de ter recorrido à decisão, o ex-edil permaneceu com o diploma cassado após a última sentença do Tribunal. A diferença de quantidade de votos entre os vereadores no município não chegou a cinquenta. No dia do crime, um agente policial que fazia ronda no local percebeu a fila na porta do estabelecimento e foi informado pela dona do restaurante que a refeição estava sendo oferecida por Silva, então candidato. Com a decisão do TRE-BA, Nivaldo Moreira Silva deverá deixar o cargo de vereador e estará inelegível por oito anos a partir da eleição de 2012, com base na Lei da Ficha Limpa.

IBICARAÍ: MAIS DE 2 MIL PESSOAS NO DIA DO EVANGÉLICO
















Penalty vai fechar fábricas em Itabuna e Itajuípe

Segundo a Revista “Exame” (Veja aqui), depois das 25 fábricas fechadas pela Vulcabras (ex-azaleia), dona da Olympikus, outra marca esportiva brasileira prepara cortes. A Cambuci, dona da Penalty, vai fechar duas de suas quatro fábricas até o fim de 2015. As duas fábricas que serão fechadas ficam em Itabuna e Itajuípe, ambas no sul do estado. Com isso sobrarão uma confecção no Paraguai e uma fábrica de bolas e calçados na Paraíba. No processo, 1 000 funcionários deverão perder o emprego. O objetivo é tirar a empresa, que fatura 270 milhões de reais, do prejuízo — e acumular caixa para voltar a patrocinar grandes atletas. (Políticos do Sul da Bahika)

Escândalo do HGRS no governo Souto é denunciado em programa

Foto: Divulgação
Hospital Geral Roberto Santos
As condições de conservação encontradas em 2007, no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), onde o luxo de duas suítes vip mantidas para ‘escolhidos’ contrastava com  o abandono do restante das instalações, foram alvo de denúncia no programa eleitoral da coligação ‘Pra Bahia Mudar Mais’. O escândalo deixado pelo governo Souto havia sido exposto assim que a equipe de Jaques Wagner assumiu o governo, com ampla repercussão. À época, o então secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, e o diretor geral do HGRS, Roberval Gonzalez, apontaram as irregularidades e de imediato transformaram o ‘espaço vip’ em enfermarias para pessoas com deficiência e obesos. No cenário deixado em 2007, de um lado a má conservação do teto, paredes e pisos, infiltrações na cozinha, problemas no sistema de ar condicionado. Do outro, nas instalações reservadas, piso de granito, vidros blindex, ar-condicionado especial, TV 29 polegadas e poltronas reclináveis.

IBICARAÍ: ANIVERSÁRIO SURPRESA DO NOSSO AMIGO E IRMÃO AILTON NA RESIDÊNCIA DO LIDER COMUNITÁRIO JOÃO GALEGO