Whatsapp

Whatsapp

fm

Conexao

te pego as 8

itao

ibi pref

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

itabuna pref

Crianças de até seis anos lutam por dinheiro na Tailândia

Meninos e meninas – alguns com seis anos de idade - têm atraído a atenção de turistas e moradores da Tailândia. É que as crianças protagonistas uma verdadeira luta, com direito a ringue e luvas. Dão socos, chutes e golpes de Muay Thay, enquanto a plateia faz as apostas para saber quem sairá vencedor da batalha.
“É terrível. Nós estamos falando de crianças pequenas socando e chutando umas às outras por dinheiro”, disse o cineasta Todd Kellstein. Ele assistiu a cerca de 300 lutas, para realizar o filme “Buffalo Girls”, em cartaz nos circuito de cinema.
“Os turistas assistem aos ataques e dão gorjetas aos lutadores no final”, conta Todd, segundo informações do jornal “The Sun”. “Antes de assistir a uma luta pela primeira vez, eu não estava preparado para tamanha brutalidade”, acrescentou o cineasta.
De acordo com Todd, apesar de pequenas, as crianças são muito bem treinadas. Elas distribuem golpes muito precisos e lutam sem qualquer tipo de proteção. “Também são treinados para não demonstrar qualquer tipo de piedade pelo adversário”, observou o cineasta.
As lutas entre crianças na Tailândia acontecem em bares localizados em áreas já tomadas pela prostituição, inclusive de jovens com menos de 18 anos. “Um bar que eu visitei tinha cerca de 70 turistas, a maioria parecia britânico ou alemão”, contou Todd. Nesse dia, ele viu 20 crianças entre nove e dez anos sofrerem contusões.
Apesar de ser contra as lutas, o cineasta, que vive em Los Angeles, nos Estados Unidos, afirmou que não cabe a ele condenar tal prática. Afinal , segundo ele, é uma forma que as famílias pobres encontram de ganhar dinheiro, sem deixar que as crianças caiam na prostituição. “No final, eu decidi que não é meu trabalho julgar a cultura de outro país”, concluiu Todd.